Estádio comparado a órgão sexual feminino é inaugurado no Catar

A estrutura localizada em Al Wakrah é o primeiro para a Copa do Mundo de 2022 construído do zero a ser entregue

O comitê organizador da Copa do Mundo de 2022 entregou na quinta-feira, 2, o primeiro estádio construído do zero para a competição. Localizado na cidade de Al Wakrah, 20 quilômetros ao sul da capital Doha, o estádio tem capacidade para 40 mil pessoas e sediará partidas até as quartas de final da Copa. A construção ficou conhecida nas redes sociais em 2013, quando o formato do projeto original foi comparado a uma vagina. 

Desenhado pela arquiteta iraquiana Zaha Hadid, o estádio foi baseado nas velas de um tradicional barco utilizado por pescadores da região e na época do anúncio não ficou feliz com as comparações feitas ao órgão sexual feminino. "É realmente constrangedor inventar besteiras como essas", reclamou a arquiteta, que morreu em 2016, para a revista Time. "Eles querem dizer que tudo com um buraco no meio é uma vagina? Isso é ridículo." 

Construído com materiais renováveis, o estádio tem mais de cem unidades de ventilação para mantê-lo arejado nas altas temperaturas do inverno catari e com um teto retrátil de 92 metros para proteger os jogadores do sol. A construção de Al Wakrah também terá a possibilidade de ter sua capacidade diminuída para 20 mil pessoas ao fim da Copa do Mundo e será entregue para o time local em 2023. 

O estádio de Al Wakrah é o primeiro construído do zero que é finalizado para a Copa do Mundo de 2022 e verá seu primeiro evento teste no próximo dia 16 de maio com a realização da final da Copa do Emir do Catar. O Khalifa International Stadium foi reformado em 2017 para a Copa, o Al Rayyan Stadium está em processo de reformulação e outros cinco estádios estão sendo erguidos para a competição. 

MAIS SOBRE:

Copa do Mundo Catar 2022 [futebol]Catar [Ásia]
Comentários