Estádio mais caro do país, Mané Garrincha recebe 1ª Copa Gari do Brasil

'Ações como esta ajudam a diminuir a descriminação', afirma idealizadora do evento

Relacionadas

Um dos motivos que torna o futebol tão popular é a facilidade de se praticar o esporte, em realidades muito diferentes daquelas das grandes arenas e dos salários milionários. Campos de terra e as próprias ruas são o palco de muitos jogadores que sonham em se tornar profissional. Mas e se pudêssemos unir esses dois universos tão distintos? É exatamente isso que acontecerá na 1ª Copa Gari do Brasil, com jogos realizado no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, a arena mais cara do Brasil: R$ 1,4 bilhão.  

“Além de estreitar laços de amizade e melhorar a saúde física e mental dos participantes, ações como esta ajudam a diminuir a descriminação por parte da sociedade ao demonstrar que por trás dos uniformes de garis existem pais de família, profissionais responsáveis, pessoas como todas as outras que merecem respeito”, afirma Williani Carvalho, idealizadora do evento e coordenadora de Projetos e Desenvolvimento Humano da Sustentare Saneamento.  

Pensando nos benefícios físicos e na responsabilidade social perante a sociedade e seus colaboradores, a Sustentare Saneamento, empresa de limpeza pública urbana responsável por 19 Regiões Administrativas do Distrito Federal, criou o Copa Gari DF, primeiro torneio oficial entre garis do país. A Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer do DF é co-realizadora do campeonato e Governo do Distrito Federal é apoiador.

O campeonato terá início no próximo dia 20 de agosto no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Os portões abrirão ao público em geral às 13h. O ingresso será 1kg de alimento não perecível. Às 14h30 começará a cerimônia de abertura da copa com atrações músicas. Estarão presentes no evento o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, a diretora do Serviço de Limpeza Urbana do DF (SLU), Kátia Campos, o presidente da Sustentare Saneamento, Adilson Martins, entre outras autoridades. O jogo vai começar às 16h e será encerrado às 18h.

O Copa Gari DF será disputado entre 16 equipes composta por 15 participantes em fase única, conhecido popularmente como “mata-mata”. Além da Sustentare Saneamento, participarão do torneio a Valor Ambiental, a Sterycicle, o Sindicato dos Trabalhadores da Limpeza Urbana do Distrito Federal (Sindlurb), e o SLU-DF.

O time vencedor receberá troféu e R$ 3.500. O segundo receberá medalhas e R$ 1.000,00 e o terceiro, medalhas e R$ 500,00. 

MAIS SOBRE:

futebolGariGarrinchaEstádio
Comentários