Estátua de Ibra em Malmo volta a ser vandalizada: desta vez, foi derrubada

Torcedores do clube que revelou o atacante se revoltaram após ele se tornar co-proprietário de rival

Relacionadas

Os torcedores do Malmo seguem demonstrando sua raiva com Ibrahimovic. Pela terceira vez em três meses, a estátua do atacante em frente ao estádio do clube foi vandalizada, e, desta vez, com mais sucesso: chegaram a derrubar a peça que ficou apenas com os pés no pedestal.

A estátua caiu sobre uma cerca, que ficou destruída. Além de levá-la abaixo, os torcedores também cobriram a cabeça do Ibrahimovic metálico com uma camisa da seleção sueca e picharam as palavras 'take away' ('leve embora') no chão.

O time sueco revelou o atacante e o homenageou com uma estátua em frente ao estádio Eleda, inaugurada em 9 de outubro de 2019. Um mês e meio depois, Ibra comprou parte das ações do Hammarby, rival do Malmo, o que enfureceu os torcedores do primeiro clube do centroavante.

No dia seguinte, a estátua foi incendiada e apareceu com uma sacola na cabeça e um assento de vaso sanitário no ombro. Em dezembro, vândalos tentaram serrar o pé da estátua, sem sucesso, mas levaram um dos dedos do pé e o nariz. Agora, finalmente conseguiram derrubá-la.

Recentemente, Ibrahimovic deixou o Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, e voltou ao Milan, onde aguarda a oportunidade de reestrear.

MAIS SOBRE:

futebolIbrahimovic
Comentários