Ex-atacante perde contato com parentes por causa de Irma: 'Furacão arrasou tudo'

Passagem do furacão por Antígua e Barbuda deixou um rastro de destruição

Relacionadas

Emile Heskey, ex-jogador da seleção inglesa e do Liverpool, revelou nesta quarta-feira que perdeu contato com vários integrantes da família, que vivem na ilha de Barbuda, após a devastadora passagem do furacão Irma, na semana passada.

Titular no ataque do 'English Team' no jogo com o Brasil, nas quartas de final da Copa do Mundo de 2002, o antigo atacante que também passou por Leicester, Aston Villa, entre outros, afirmou que os pais estão "sãos e salvos", na ilha de Antígua, mas que os outros parentes não tiveram a mesma sorte e não recebe qualquer notícia há quase uma semana: "Minha mãe e meu pai tiveram muita sorte, no entanto, a família da minha mãe é de Barbuda, e lá, o furacão arrasou tudo", lamentou o ex-jogador à emissora britânica "BBC".

Segundo o primeiro-ministro de Antígua e Barbuda, Gaston Browne, a ilha onde vivem os pais de Heskey, 95% das edificações foram destruídas devido a passagem do Irma.

O atacante aposentado, que hoje vive no condado de Cheshire, na Inglaterra, está atuando junto a uma fundação que está enviando ajuda humanitária ao país. "Ainda não podemos garantir quanto dinheiros conseguiremos arrecadar, ainda mais que acredito que está chegando outro furacão a Antígua e Barbuda. Não sabemos o dano que provocará e a quantia total que conseguiremos", afirmou.

MAIS SOBRE:

FutebolfutebolInglaterra [Europa]Campeonato InglêsfuracãoAntígua e Barbuda [América Central]
Comentários