Ex-Corinthians é cortado de jogo e se disfarça de fotógrafo para acompanhar

Ideia do goleiro Johnny Herrera, no entanto, não deu certo e ele foi expulso de campo, veja no vídeo

Relacionadas

Ex-goleiro do Corinthians, Johnny Herrera tomou uma atitude pouco comum neste domingo para acompanhar o clássico entre o time que joga, a Universidad de Chile e o Colo-Colo: ele tentou passar despercebido entre os fotógrafos que cobriam a partida.

Herrera recentemente teve discussões com o técnico da 'La U', Alfredo Arias, o que fez com ele fosse cortado da lista de relacionados para o confronto. Apesar disso, o goleiro decidiu passar no vestiário para apoiar e incentivar os colegas antes do jogo.

Depois de sair do vestiário, ao invés de ir para as tribunas do estádio, Herrera quis ficar no campo. Com um boné preto, jaqueta camuflada e um óculos escuro, tentou se misturar entre os fotógrafos, e ficou lá no início do jogo, atrás do gol de seu substituto, Fernando de Paul.

Não deu certo. Aos 12 minutos de jogo, o juiz principal Eduardo Gamboa notou que ele estava lá e mandou o quarto árbitro, César Deischler, expulsá-lo. Herrera viu de mais longe o empate em 1 a 1 entre duas das equipes mais tradicionais do Chile, que teve gols de Benega para 'La U' e Mouche (aquele) para o Colo-Colo.

Questionado sobre a atitude do goleiro, o treinador Alfredo Arias preferiu não responder.

MAIS SOBRE:

futebolUniversidad de ChileColo-coloJohnny Herrera
Comentários