Ex-jogador do Guarani luta contra leucemia e faz apelo por tratamento

Silas Brindeiro, que fez fama em clubes do interior de SP, já tentou até mesmo contato com Neymar

Relacionadas

O atacante Silas Brindeiro, de 30 anos, trava uma luta contra o tempo e contra uma leucemia, buscando recursos para um tratamento caro que só existe nos Estados Unidos e é o único meio de zerar as células doentes em seu corpo. Conhecido simplesmente por Silas em campo, ele defendeu diversos clubes do interior de SP - entre eles o Mogi Mirim, o Guarani e o Penapolense - e teve também passagens por clubes de Portugal e da Suíça.

Afastado do futebol desde o fim do ano passado e sonhando em retornar aos campos, Silas busca R$ 925 mil (ou US$ 300 mil) para o tratamento no exterior, e agora decidiu pedir a verba publicamente. Já conta com o apoio de diversos jogadores e ex-jogadores, enquanto passa por sessões de quimioterapia, que apenas amenizam a doença.

Em dezembro de 2014, Silas descobriu a doença, e em junho de 2016, após tratamento, ela foi dada como curada. Porém, no ano passado, quando retornou aos campos pelo Penapolense, para a disputa da Copa Paulista, o atacante redescobriu que continuava doente, por conta de dores no corpo e cansaço constante.

"Hoje estou abalado, não vou mentir, mas tenho fé que vou sair dessa. Minha vida é dia após dia. Tenho que agradecer a Deus por estar respirando e me fornecer o dia de amanhã. A leucemia é uma doença que evolui de forma rápida", contou o atacante em entrevista ao portal Lance!

O atleta já conta com a ajuda de jogadores como Alex, ex-Palmeiras e Cruzeiro, e Tulio de Melo, da Chapecoense, já publicaram postagens nas redes sociais incentivando doações para Silas, que atualmente faz tratamento em Brasília, onde reside com a esposa.

Ele revelou que já tentou até mesmo contato com Neymar. "Ele nunca me viu na vida. Tenho vergonha em chamá-lo nas redes sociais. Não quero ficar chamando a atenção, ser mal interpretado. Meu caso é de vida ou morte, e ficar mal falado seria algo triste", afirma Silas.

Depois do tratamento nos Estados Unidos, Silas necessita de um transplante de medula para levar uma vida normal.

Se você quiser ajudar Silas, confira abaixo os dados para doação/depósito:

Agência: 1227-0

Conta poupança: 58395-2

Banco do Brasil

Silas dos Santos Brindeiro

CPF: 990.148.072-87

MAIS SOBRE:

futebolfutebol
Comentários