Ex-Ponte Preta, argentino detona violência no Brasil: 'É normal levar tiro lá'

Brian Sarmiento teve uma passagem discreta pelo futebol brasileiro, mas foi vítima de uma bala perdida quando estava por aqui

Relacionadas

Com passagem para lá de discreta na Ponte Preta, o argentino Brian Sarmiento não parece guardar boas lembranças do Brasil. O jogador, que atualmente defende o Banfield, foi vítima de uma bala perdida enquanto esteve no país e, em entrevista a um programa de TV, disse que isso é algo normal por aqui.

"Estava no Brasil, no fim do ano, em São Paulo. Senti o impacto, queimando. Cheguei ao hospital, viram que estava respirando bem, que não acontecia nada. Mexeram e falaram para eu voltar pra casa. É normal levar um tiro no Brasil", criticou o meia, atualmente com 27 anos.

Ainda durante o programa, Sarmiento fez questão de mostrar a bala, que segue alojada em suas costas. Assista:

 

MAIS SOBRE:

FutebolPonte PretaBanfieldBrasilfutebolViolência
Comentários