Ex-presidente do Olympique de Marselha detona: 'o PSG é um circo'

De acordo com cartola, 'jogadores não se falam e o técnico não tem autoridade'

Relacionadas

O ex-presidente do Olympique de Marselha, equipe que é uma das principais rivais do Paris Saint-Germain, de Neymar, na primeira divisão do Campeonato Francês, Bernard Tapie, deu declarações polêmicas sobre o time parisiense ao jornal francês L'Équipe.

Ele não economizou nas palavras para dizer que o ambiente é ruim e chamou o PSG de "circo" e "depósito" de jogadores. O dirigente, que hoje combate um câncer no estômago, fez as declarações ao programa CNews, da TV francesa.

"Falam muita asneira sobre o PSG. Mas há coisas que não se podem negar. É uma espécie de depósito, um circo. Você tem jogadores que vivem só para eles, você tem outros que não falam com os outros, você tem o treinador que não tem autoridade. Mas o que isso significa? Que circo é este?", perguntou o cartola, que presidiu o Olympique entre 1986 e 1994, apontando que os jogadores que lideram o elenco (Neymar e o uruguaio Cavani) "tem que estar ao lado do técnico".

Sem citar nomes, o dirigente ainda criticou a "falta de hierarquia" na equipe. "Na minha vida de fã de futebol, nunca vi essa bagunça. É inimaginável. Eles têm que entender o que é uma equipe, com hierarquias".

 

MAIS SOBRE:

futebolParis Saint-GermainNeymarBernard TapieEdinson Cavani
Comentários