Ex-técnico sobre Mourinho: 'Se fosse feito de chocolate, comeria a si mesmo'

Tommy Docherty, que dirigiu o Manchester United na década de 70, faz duras críticas ao comportamento do treinador

Relacionadas

O temperamento forte de José Mourinho é conhecido mundialmente e seu jeito faz com que ele ganhe desafetos ao longo do tempo. O último a fazer críticas ao estilo do português foi o ex-técnico do Manchester United, Tommy Docherty. 

+  Vídeo: Jogador cobra falta do meio-campo e marca golaço no Campeonato Turco

+ Árbitro diz que Felipe Melo revidou tapas de Clayson e revela discussão em túnel

+ Neymar faz homenagem para Daniel Alves e celebra título do PSG

Segundo o escocês, que dirigiu o Manchester entre 1972 e 75, Mourinho deveria ter mais humildade no relacionamento com os jogadores.

"Se ele fosse feito de chocolate, comeria a si próprio", ironizou Docherty, em entrevista à rádio inglesa BBC Radio 5. "Não dá para discutir seu aproveitamento, mas está acima de seus resultados o quanto ele critica os jogadores", completou o treinador, que conquistou a segunda divisão do Campeonato Inglês em 75, pelo Manchester. 

A reclamação de Docherty muito se dá por Mourinho ter discutido publicamente com o lateral-esquerdo Luke Shaw recentemente. O curioso é que o jogador chegou ao clube inglês por indicação do treinador, mas eles discutiram de forma ríspida após o treinador reclamar de uma atuação do jogador.

"Alguns jogadores ele quem comprou e, agora, os critica. Eu ficaria surpreso se ele levar mais tempo treinando o United. Não creio que a diretoria vá aturar muito mais de suas birras", apostou Docherty.

A bronca do ex-treinador, que tem 89 anos, é tão grande com Mourinho que ele prefere não ver os jogos do United. "Eu não assisto às partidas deles. Prefiro o City, que são jogos melhores de ser ver e apresentam um estilo que eu gosto mais de ver", comentou.

MAIS SOBRE:

José MourinhoManchester United Football Club
Comentários