Fábio Costa sobre 2005: 'O próprio Tinga disse que não foi pênalti'

Polêmica entre Corinthians e Internacional teria decidido o Campeonato Brasileiro daquele ano

Relacionadas

Até hoje, torcedores de Corinthians e Internacional questionam a não marcação do pênalti de Fábio Costa em Tinga, que ainda acabou expulso no lance, durante empate por 1 a 1 entre os dois times na 40ª e antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro de 2005. Este foi o estopim para a rivalidade entre alvinegros e colorados nos últimos anos. 

Até entrevistas recentes, o meia do Inter alega que sofreu pênalti do goleiro e que o incidente foi crucial para determinar o campeão nacional daquele ano. No entanto, em entrevista ao portal UOL, Fábio Costa traz uma nova versão do ocorrido, contando que o próprio Tinga teria reconhecido que não houve pênalti. 

"Foi pênalti no Tinga?", pergunta o repórter, e o goleiro responde: "Não". "Por quê?", replica o jornalista, para ouvir de Fábio Costa: "Porque o próprio Tinga disse que não foi". "Mas ele falou que foi", interpela mais uma vez o entrevistador: "Dentro do campo ele não falou isso". 

"O que você fala depois, tem uma série de conotações. O que você fala depois, você não está mais no calor do jogo, você já viu o lance 35 vezes (...). Se foi pênalti ou não foi, isso é uma coisa que quem tem que decidir é o árbitro ali na hora. Eu só acho que você colocar a idoneidade do Márcio (Resende de Freitas, juiz da partida), como colocaram, chamar ele de 'vagabundo', chamar disso e daquilo, que ele foi desonesto em um lance que, todos que estavam no estádio ficaram na dúvida, se foi ou se não foi (...) é um negócio muito rápido. Você tem que apitar ou não apitar", explicou o goleiro. 

Na sequência, ele reconhece que tocou no adversário. No entanto, se baseia no pedido de Tinga ao árbitro logo depois do lance. "Agora o que o Tinga fala para o Márcio no momento em que ele levanta, é sintomático para mim. Você sabe quais foram exatamente as palavras do Tinga? 'Não foi pênalti, Márcio, mas não me expulsa, não'. Simplesmente isso que ele falou."

A entrevista completa de Fábio Costa ao UOL pode ser lida aqui

MAIS SOBRE:

futebolfabio costatingaCorinthiansInternacional
Comentários