Fãs do Estrela Vermelha colocam tanque na frente do estádio antes de decisão

Ação gerou controvérsia e foi criticada por jornais da Croácia, que lutou guerra contra a Sérvia

Relacionadas

Os torcedores do Estrela Vermelha, time de Belgrado, capital da Sérvia, estão certamente ansiosos para o jogo desta terça, que pode definir se o time chega na fase de grupos da Liga dos Campeões ou não. Mas, felizmente, eles podem aproveitar e tirar fotos em uma atração turística perto do seu estádio, um tanque de guerra.

O tanque é do modelo T-55, estava fora de uso e foi retirado pelos torcedores de um depósito do exército sérvio, com permissão. Por isso, foi colocado do lado de fora do estádio do Estrela Vermelha como uma 'atração', segundo o próprio clube, para o jogo contra o Young Boys, da Suíça.

A ação, é claro, gerou controvérsias. O principal diário esportivo da vizinha Croácia, o Sportske Novosti, considerou o tanque como uma mórbida provocação de Belgrado e que os sérvios querem quer jogar a Liga dos Campeões enquanto celebram crimes de guerra. Croácia e Sérvia lutaram uma guerra violenta na década de 1990, durante a dissolução da Iugoslávia.

O site croata Index.hr afirmou que o tanque havia sido utilizado na invasão da cidade de Vukovar, no começo da guerra, embora nem o Estrela Vermelha nem os torcedores tenham feito essa afirmação. Segundo um site de torcedores, a intenção é representar a 'máquina' do clube e o apelido da torcida, que é chamada de 'Exército do Norte'.

Tanques e discussões à parte, o Estrela Vermelha se foca na partida. O jogo de ida na Suíça terminou empatado em 2 a 2, então o time sérvio precisa vencer ou empatar por 0 a 0 ou 1 a 1 para avançar. O Young Boys precisa da vitória fora de casa para chegar na Liga dos Campeões.

MAIS SOBRE:

futebolLiga dos CampeõesEstrela Vermelha
Comentários