Federação argentina incentiva quarentena e cita Maradona e Messi

Gol decisivo na Copa de 1986 é como exemplo para estimular a população a ficar em casa

Relacionadas

A AFA (Federação Argentina de Futebol) divulgou um vídeo neste sábado para conscientizar a população do país a ficar em casa em quarentena em razão da pandemia do novo coronavírus. A publicação começa com a mensagem "Ninguém é campeão sozinho" e logo corta para um momento que mexe com o lado emocional da torcida: o história gol de Diego Maradona, na Copa do Mundo de 1986.

"Nem Diego em 86. Que sem esse gol na final, não teríamos levantado a Copa. Ou não? Hoje temos o jogo mais difícil da nossa história", continua a publicação. O "Gol do Século", como é conhecido, foi o tento marcado por Maradona em apenas dez segundos, após pegar a bola ainda no campo de defesa da Argentina e em que saiu driblando todo o time da Inglaterra, que então perdia a partida por 1 a 0. O duelo era válido pelas quartas de final do Mundial do México. Quatro minutos antes, Maradona havia marcado o famoso "Gol de Mão".

Logo a gravação corta para notícias sobre o coronavírus e imagens de pessoas em hospitais e com máscaras. "E a Argentina precisa de você para ganhar", apela a publicação. "Por isso, dê a bola aos capitães que já se puseram de acordo". Então mostra-se a imagem de várias lideranças argentinas e corta para ninguém menos que Lionel Messi, pronto para bater uma falta. "Respeite a distância, não saia para qualquer lado", diz o narrador enquanto o camisa 10 ajeita a barreira.

Dentre outras recomendações, a publicação orienta que as pessoas não se aglomerem e que abram as janelas de sua casa para circular o ar. "Porque apesar de parecer que o rival não existe, ele é perigosíssimo na hora de atacar."

A Argentina é um dos países que melhor se preparou para a chegada do coronavírus em relação às medidas de prevenção. Há dois dias, o país fechou todas as fronteira como forma de prevenção e foi elogiada mundialmente por sacrificar sua economia em virtude da pandemia. Até o fechamento deste texto, a Argentina somava 745 casos confirmados de covid-19 e 19 mortes. O Brasil registra 114 mortes, segundo o ministério. País tem 3.904 casos confirmados.

MAIS SOBRE:

futebolMaradonaMessiseleção argentina masculina de futebolseleção inglesa masculina de futebolcoronavíruscoronavírus [prevenção]coronavírus [solidariedade e ações sociais]Copa do Mundo México 1986 [futebol]
Comentários