Federação veta paralisação no minuto 71 em partidas da Chapecoense

Homenagens às vítimas do acidente com o avião da LaMia seguirá ocorrendo nas arquibancadas da Arena Condá

Relacionadas

As duas primeiras partidas da Chapecoense no Campeonato Catarinense, contra Inter de Lages e Atlético Tubarão, foram interrompidas por um minuto aos 26 do segundo tempo, ou seja, aos 71 minutos de jogo. A pausa era uma forma de homenagem às 71 vítimas do acidente com o avião da LaMia, em novembro de 2016. No entanto, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) avisou ao clube que essa interrupção não será mais realizada a partir de agora. 

As pausas não foram bem vistas nem pelo próprio técnico e até diretores da Chapecoense, que temiam um prejuízo às partidas, segundo matéria do GloboEsporte.com. A lembrança no minuto 71 não era algo oficial, mas apenas um acordo verbal entre o clube e a FCF. 

Sendo assim, as homenagens às vítimas do acidente em Medellín continuarão ocorrendo fora do campo, com anúncio pelo sistema de som da Arena Condá e manifestação dos torcedores no estádio alviverde. 

MAIS SOBRE:

futebolchapecoenseSanta Catarina
Comentários