Felipe Melo comenta discussão com PVC: 'Sorte que eu era inexperiente'

Volante afirma, no entanto, que já está tudo bem com o comentarista, hoje no SporTV

Relacionadas

O volante e zagueiro Felipe Melo, do Palmeiras, participou de uma live nas redes sociais do Allianz Parque e respondeu sobre diversos momentos marcantes da carreira. Entre eles, relembrou sobre a discussão com o comentarista Paulo Vinicius Coelho, o PVC, hoje no SporTV, em 2010.

Na ocasião, logo após o jogador ser convocado para a Copa do Mundo daquele ano, o jornalista questionou sobre a temporada que o atleta havia feito pela Juventus, o que irritou Melo, que perguntou 'você é jornalista?', ao que PVC respondeu 'você é jogador?'.

"Ele (PVC) teve sorte porque eu não tinha tanta experiência para falar como hoje eu tenho", disse Felipe Melo. "Porque um camarada que fica me enchendo o saco para fazer entrevista comigo e na primeira entrevista, logo após o Felipe Melo saber que tinha sido convocado para uma Copa do Mundo, o cara começa a fazer um monte de pergunta sem nexo... era o momento de o Felipe falar de como estava o coração naquele momento tão importante", opinou o jogador do Palmeiras.

"Aí eu pergunto se ele é jornalista, ele pergunta se eu sou jogador... ele que veio atrás de mim. Aí acabei desligando o telefone porque naquela época eu não tinha experiência pra responder. Mas é outra coisa também que já foi solucionada, logo depois ele me ligou e nós conversamos, tanto que voltei lá. Acontece, faz parte, ficou para trás", comptemporizou Melo, afirmando que tudo já está bem entre os dois.

Melo afirmou que hoje sabe lidar melhor com as críticas. "Procuro ver o lado bom. Tem troféu na minha casa de campeão da Copa das Confederações invicto com a seleção, dei na minha carreira uma das maiores assistências da história da Copa do Mundo (contra a Holanda, em 2010)... o mesmo cara que me xinga é o que chega no meu Twitter e pede pra eu jogar no time dele. Faz parte", comentou.

Melo relatou ainda que Ibrahimovic tentou levá-lo para o Milan e depois para o PSG. "Uma vez ele estava de férias, me encontrou, foi até a mesa, conversou comigo. Sempre que encontro, sei que ele tem um carinho por mim, mas não temos uma amizade. Pelo contrário, mandei mensagem para ele vir para o Palmeiras e estou esperando a resposta até hoje", brincou o capitão do Palmeiras.

MAIS SOBRE:

futebolFelipe MeloPaulo Vinicius CoelhoPalmeiras
Comentários