Fernando Muslera perde avó e tio dias antes da eliminação do Uruguai na Copa

Goleiro cometeu erro que garantiu a vitória da França por 2 a 0 nas quartas de final

O goleiro da seleção do Uruguai, Fernando Muslera, ficou marcado pela derrota da Celeste contra a França, em partida das quartas de final da Copa do Mundo. O que descobriu-se agora é que o jogador perdeu um tio e a avó na mesma semana da partida que eliminaria a seleção uruguaia da competição.

+ Do céu ao inferno: Mário Fernandes marca um gol, mas perde pênalti

+ Luis Roberto passa mal após transmitir jogo entre Inglaterra e Suécia 

+ Quem disse que não iria ter Brasil na Copa do Mundo neste sábado?

A informação foi confirmada pelo jornal espanhol El Pais por meio de depoimento de um dos familiares de Muslera. No dia 30 de junho, um tio do jogador faleceu, enquanto a avó morreu dois dias depois, no dia 2 de julho. A partida contra a França ocorreu no dia 6. Perdendo por 2 a 0 da seleção europeia, o segundo gol contra o Uruguai, feito por Antoine Griezzman, foi fruto de um erro de Muslera, que chegou a encostar na bola, mas a espalmou para dentro do gol.

O goleiro não chegou a comentar as questões familiares publicamente, porém agradeceu o apoio e carinho do público e também de outros profissionais: "Sentir o apoio de todos é o maximo. Dos companheiros, da família, de amigos, de muitos goleiros que sequer são uruguaios e me ligaram ou escreveram... Na verdade, fico feliz, porque eles sabem o esforço pessoal que cada um faz. Faz parte do futebol", afirmou.

Muslera deixou a Copa do Mundo da Rússia com apenas três gols sofridos em cinco jogos, e somente uma derrota do Uruguai. Agora, a França enfrenta a Bélgica, que venceu o Brasil, na semi-final, da terça-feira (10), às 15hs.

 

MAIS SOBRE:

FutebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]Fernando Musleraseleção uruguaia masculina de futebolfutebol
Comentários