Final da Libertadores em Abu Dabi? Possibilidade desagrada internautas

Evento do G-20 em Buenos Aires deve impedir que decisão seja na próxima semana; chance ajudaria o campeão a permanecer na cidade para o Mundial

Após o adiamento do segundo jogo da final da Copa Libertadores entre River Plate e Boca Juniors, em virtude do ataque que o ônibus do time xeneize sofreu na chegada ao estádio Monumental de Núñez no sábado, foi ventilada a possibilidade de que o jogo, adiado novamente neste domingo, seja disputado em Abu Dabi, sede do Mundial de Clubes da Fifa - o campeão continental disputará a competição representando a América do Sul.

O jogo havia sido originalmente marcado para este sábado, 24 de novembro, às 18 horas. No entanto, pouco mais de uma hora antes do início da partida, o ônibus do Boca Juniors estava a caminho do Monumental, quando sofreu uma emboscada e foi atacado com paus e pedras por torcedores do River.

No ataque, alguns jogadores do Boca sofreram ferimentos, dentre eles o capitão Pablo Perez, que foi atingido no olho com alguma gravidade. O atleta foi levado ao hospital, e a Conmebol chegou a aguardar o seu retorno ao estádio para tentar confirmar a decisão ainda no sábado, mas desistiu ao conversar com os representantes dos dois elencos. 

No domingo, por sua vez, a entidade esperava realizar a partida às 18 horas, e chegou a preparar o cerimonial do torneio. No entanto, o Boca Juniors publicou um comunicado onde pedia igualdade de condições e afirmava não ter como disputar a final neste domingo, pedindo adiamento. Que a Conmebol, por sua vez, decidiu aceitar e convocou uma reunião em sua sede, em Assunção (PAR), com os presidentes dos dois clubes para decidir uma nova data.

O problema é que a Argentina receberá um evento internacional no próximo final de semana: a cúpula do G-20 se reunirá na capital Buenos Aires. A imprensa argentina, então, chegou a especular que para evitar o conflito de agenda na cidade portenha, a Conmebol e os clubes poderiam decidir que o segundo jogo da final fosse disputado em Abu Dhabi, sede do próximo Mundial de Clubes, a poucos dias do início do torneio - marcado para 12 de dezembro. E assim, o time campeão já permaneceria nos Emirados Árabes.

O que se sabe até então é que a reunião da Conmebol com os dois clubes está marcada para a próxima terça-feira, as 10 horas, no horário local (11 horas de Brasília). Mas a possibilidade não agradou os internautas, que vêm a entidade como determinante no confuso processo de definição do jogo.

Este foi o terceiro adiamento que a decisão entre Boca e River sofreu. Além dos dois deste final de semana, o primeiro jogo, que havia sido designado para o dia 10 de novembro, foi remarcado para o dia seguinte em virtude de uma fortíssima chuva que caiu sobre a região metrpolitana de Buenos Aires e deixou o gramado da Bombonera impraticável, além de alagar alguns setores do estádio.

MAIS SOBRE:

futebolBoca JuniorsRiver PlateLibertadores [Copa Libertadores da América]
Comentários