Final do Cearense sofre atraso para retirada de cocô de cachorro do gramado

Atacante Magno Alves, do Ceará, avisou o juiz, que pediu que retirassem as fezes antes do início do segundo tempo contra o Ferroviário

Relacionadas

O domingo de decisões estaduais pelo País contou com uma situação bastante inusitada no Ceará. O início do segundo tempo da primeira partida da decisão local entre Ceará e Ferroviário teve que ser atrasado em alguns minutos depois que o Magno Alves, atacante do Vozão, percebeu que tinha cocô de cachorro no gramado da Arena Castelão. 

Com a reclamação, o árbitro Wladyerisson Silva Oliveira pediu para que um dos maqueiros do estádio entrasse no campo e retirasse as fezes. Apesar do fato, o juiz não relatou qualquer incidente ou atraso na súmula do jogo. 

 

 

Aliás, o Ceará venceu a partida por 1 a 0, com gol de Wallace Pernambucano, aos 18 minutos do primeiro tempo. Como a decisão é disputada em melhor de três partidas, se vencer o segundo jogo, marcado para esta quarta-feira no Castelão, o alvinegro será campeão estadual pela 44ª vez. 

MAIS SOBRE:

futebolcampeonato cearenseCearáFerroviário
Comentários