Fla x Grêmio terá ação em apoio ao direito das mulheres nos estádios

Serão distribuídos cartões vermelhos com informações educativas sobre o que é assédio e como uma mulher pode denunciar

Relacionadas

A campanha #ElaVaiTorcer, em apoio ao direito das mulheres nos estádios de futebol, lançada pela Mastercard, vai contar com uma ação na partida entre Flamengo e Grêmio, nesta quarta-feira, no estádio do Maracanã

Serão distribuídos cartões vermelhos para os torcedores que marcarem presença no local. Cada cartão terá informações educativas sobre o que é assédio e como uma mulher pode denunciar, informando os números 180 (Central de Atendimento à Mulher) e 190 (Disque-Denúncia).

Além da ação no estádio, a campanha vai fazer parte das redes sociais. Com a hashtag #ElaVaiTorcer, influenciadores digitais vão comentar o assunto até o final da Copa Libertadores, marcado para o dia 23 de novembro, em Santiago, no Chile.

"Nossa campanha faz alusão a um elemento símbolo de expulsão no jogo de futebol para representar o assédio como uma atitude proibida. Buscamos empoderá-las com as informações necessárias para que possam denunciar qualquer tipo de assédio, seja ele físico ou verbal, e para que todas possamos torcer por nossos times como e onde quisermos", afirma Sarah Buchwitz, vice-presidente de marketing e comunicação da Mastercard Brasil e Cone Sul. "Também buscamos trazer informações aos homens para que entendam que assédio não é somente um toque, mas também um olhar, uma palavra ou uma piada sem graça", complementa.

Para a CONMEBOL, a campanha ajuda a dar visibilidade para as mulheres no esporte. "O futebol deve ser sempre uma escola de valores e nós acreditamos que essa campanha entrega esse objetivo", disse o diretor comercial da entidade,  Juan Emilio Roa.

 

MAIS SOBRE:

futebolFlamengoGrêmioLibertadores [Copa Libertadores da América]mulher
Comentários