Flamengo busca seu 13º técnico em cinco anos da gestão Bandeira de Mello

Demitido na quinta, Carpegiani durou apenas três meses, em que esteve à frente do time rubro-negro em 17 jogos

Relacionadas

Após a demissão de Paulo César Carpegiani, na última quinta, o Flamengo começa a procurar seu 13º técnico em apenas cinco anos desde que Eduardo Bandeira de Mello assumiu a presidência do clube carioca. Carpegiani durou apenas três meses, em que esteve à frente do time em 17 jogos.

Escultor de estátua bizarra de CR7 faz nova versão um ano depois; veja como ficou

+Presidente que invadiu campo armado é suspenso por 3 anos do futebol

Por falta de segurança, Parque São Jorge é interditado pela FPF

Antes dele, 11 comandaram o time. Dorival Junior foi o primeiro treinador com Bandeira na presidência. Comandou a equipe por 37 jogos. Jorginho, contratado em 2013, ficou só três meses, em que comandou a equipe por 14 partidas. Mano Menezes também ficou três meses em 2013 e teve uma saída bastante conturbada.

Ainda em 2013, o então auxiliar Jayme de Almeida foi efetivado como treinador e conquistou dois títulos à frente do time: a Copa do Brasil de 2013 e o Carioca de 2014. Ficou até junho de 2014, depois de 49 jogos no comando. Depois dele, Ney Franco comandou o time por apenas sete jogos - o treinador com passagem mais curta pelo clube na atual gestão. Vanderli Luxemburgo assumiu o time e foi demitido depois de 59 jogos.

Em 2015, Critóvão Borges caiu depois de 18 partidas, após ser eliminado pelo Vasco na Copa do Brasil. Oswaldo de Oliveira o substituiu e ficou por apenas 18 jogos. Muricy Ramalho, seu substituto, também durou pouco em 2016, mas por problemas de saúde. Deixou o time após 26 jogos.

Zé Ricardo foi o treinador com a maior quantidade de jogos à frente do Flamengo na gestão Bandeira de Mello. Contratado em 2016, ficou até a maior parte da temporada 2017, depois de 47 vitórias, 25 empates e 17 derrotas. Deu lugar a Reinaldo Rueda, que ficou apenas quatro meses no time antes de assumir a seleção do Chile.

MAIS SOBRE:

futebolFlamengo
Comentários