Forlán descreve como CR7 era no United: 'passava o dia todo se olhando no espelho'

Meiocampista também relatou briga séria ocorrida entre Ferguson e David Beckham quando estava no time inglês

Relacionadas

Cristiano Ronaldo é um cara muito vaidoso. Muito mesmo, segundo o ex-meiocampista uruguaio Diego Forlán. Em entrevista ao jornal inglês Mirror, o ex-atleta relembrou algumas histórias de seus tempos de Manchester United, como a atitude do português na época e uma discussão séria entre o técnico, Alex Ferguson e o jogador David Beckham.

"Ronaldo era egocêntrico no vestiário, mas de uma maneira diferente do Beckham. Ele estava sempre perto de um espelho. Ele ficava o dia inteiro se olhando no espelho", contou Forlán. Ele citou o inglês devido à história que havia acabado de relatar.

"Foi depois de uma partida contra o Arsenal na Copa da Inglaterra. Ferguson não estava feliz porque houve um lance em que o Robert Pires (ex-atacante do Arsenal) subiu sozinho pela esquerda. O Gary Neville estava no ataque, e o Beckham não o cobriu", iniciou a contar.

"No vestiário, Ferguson e Beckham começaram a se insultar, um insulto pior do que o outro. Os dois queriam ter a palavra final. Quando o Ferguson estava saindo do vestiário, parecia que a discussão havia acabado. Mas aí o Beckham disse mais alguma coisa", continuou.

"Ferguson se virou, viu uma chuteira no chão e chutou na direção do Beckham. Acertou bem na sobrancelha e abriu um corte. Nós vimos aquilo e pensamos: "Não, isso não está acontecendo". Os dois estavam prestes a brigar naquele momento. Foi quando Roy Keane e Van Nistelrooy separaram", finalizou.

Forlán jogou no Manchester United entre 2002 e 2004. Ele acompanhou o começo do estrelato de Cristiano Ronaldo, que chegou ao clube em 2003 e se tornou o melhor do mundo e venceu a Liga dos Campeões no clube em 2008.

MAIS SOBRE:

futebolDiego ForlánManchester United Football ClubCristiano RonaldoAlex FergusonBeckham
Comentários