Funeral de treinador interrompe jogo do Campeonato Iraquiano

Karim Salman havia dirigido recentemente um dos times que estavam em campo no estádio Ahmed Rahmi

Relacionadas

Karim Salman, técnico de 55 anos que faleceu na última semana por covid-19, provavelmente ficaria satisfeito com o funeral que teve. O velório do treinador iraquiano, que estava no comando do Al-Karkh, acabou paralisando um jogo do Campeonato Iraquiano.

O cortejo fúnebre do Salman terminou em um dos principais estádios de Bagdá, o Ahmed Rahmi, onde era disputada uma partida do principal torneio do país entre Al-Talaba e Al-Qasim. Um grupo de amigos do técnico chegou ao local carregando o caixão e o jogo parou para homenageá-lo.

O treinador havia trabalhado recentemente no Al-Talaba e muitos jogadores demonstraram emoção ao vê-lo. Além da situação, também chama a atenção a falta de preocupação com a covid-19, uma vez que o Iraque tem mais de 560 mil infectados e 12 mil mortos.

Karim Salman jogou pela seleção iraquiana, disputando a Olimpíada de 1988 em Seul pelo país, e rodou por diversos dos grandes clubes do país como treinador.

MAIS SOBRE:

futebolIraque [Ásia]coronavírus
Comentários