Ex-Arsenal, Gabriel Paulista conta de sua infância em SP: 'meus irmãos passaram fome'

Zagueiro trocou o Arsenal pelo Valencia em agosto do ano passado

Relacionadas

O zagueiro Gabriel Paulista trocou o Arsenal pelo Valencia há pouco mais de um ano. O brasileiro deu uma entrevista ao canal Cope e contou um pouco das dificuldades que passou em sua infância em São Paulo.

"Meus irmãos sofreram muito, passaram fome, a casa era de madeira e quando chovia enchia de água. Minhas primeiras chuteiras eram da marca Viola, eu dormia, ia para a escola, elas já estavam gastas, mas eu tinha que jogar com elas", relembra o defensor.

Convocado para a seleção nos tempos de Dunga, o atleta de 27 anos contou também de sua reação ao saber que tinha sido contratado pelo seu primeiro clube profissional: o Vitória. "Quando fechei meu primeiro contrato fui correndo para o telefone ligar para minha mãe pra dizer que a vida dela ia mudar", relata.

Foram cinco anos jogando pelos baianos. Enquanto atuava pelo Vitória, seus familiares continuavam morando na mesma casa, por ainda não terem condições de comprarem uma nova. Mas a situação começou a mudar quando foi vendido ao Villarreal, da Espanha, aos 22 anos.

"Quando Villarreal vem e me contrata, eu reformulei a casa da minha mãe e foi muito legal. Quando me juntei ao Arsenal, comprei uma nova casa pra ela. Agora ela mora lá e está melhor que nunca. É um sonho que eu cumpri", celebra. 

Ao mesmo tempo, nem todos seus conhecidos tiveram o mesmo êxito. Muito pelo contrário. "Eu tenho muitos amigos que tentaram desse mesmo jeito e não tiveram sucesso. Eles foram para caminhos ruins e eu me sinto mal quando paro para pensar nisso estando em minha casa", admite.

Ficou no Arsenal três temporadas, até que deixou o clube para atuar pelo Valencia em uma negociação de pouco mais de R$ 54 milhões. "Estou muito feliz porque estamos fazendo uma boa temporada na parte defensiva. Estamos melhores", comentou o brasileiro.

 

MAIS SOBRE:

FutebolVillarreal Club de FutbolfutebolGabriel Paulista
Comentários