Gandula que simulou agressão é banido de jogos do Corinthians

Ivan Régis Pinto fingiu ter sido empurrado por zagueiro da Universidad do Chile

Relacionadas

Ivan Régis Pinto ganhou fama instantânea na noite desta quarta-feira. Ele, que estava trabalhando como gandula no jogo entre Corinthians e Universidad do Chile, pela Copa Sul-Americana, simulou ter sido empurrado pelo zagueiro Gonzalo Jara. A atitude, apesar de ter feito muito sucesso nas redes sociais, acabou sendo prejudicial a Ivan, que foi banido e não trabalhará mais nos jogos do clube paulista.

No lance, o atleta chileno tentava acelerar a reposição da bola, já que a Universidad já perdia a partida por 1 a 0 e encostou no gandula, que se jogou no chão, em uma tentativa de convencer o árbitro do jogo que ele tinha sido agredido e o atleta, consequentemente, ser punido. A punição, porém, veio para Ivan, que não trabalhará mais nos jogos do Corinthians, função que desempenhava já há alguns anos.

 

OLHA O GANDULAAAA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK PQP É O MELHOR GANDULA DO BRASIL KKKKKKKKK

Uma publicação compartilhada por That day was crazy! (@essediafoilouco) em

MAIS SOBRE:

FutebolCorinthiansCopa Sul-AmericanaIvanArena CorinthiansFutebol
Comentários