Globo intervém e evita que Egídio receba prêmio de 'craque do jogo' ironicamente

Emissora mudou protocolo após 'caso Sidão', quando goleiro recebeu troféu mesmo após falhas na partida

Relacionadas

A Rede Globo evitou que o lateral Egídio, do Cruzeiro, recebesse o prêmio de 'Craque do Jogo' após fazer uma partida ruim com o Avaí. O atleta ficou na frente da votação online, com internautas o elegendo ironicamente, mas a emissora considerou também o voto do comentarista da partida para evitar que o cruzeirense passasse pelo mesmo constrangimento que o goleiro vascaíno Sidão passou.

No dia 12 de maio, o Santos venceu o Vasco por 3 a 0 em jogo no qual Sidão cometeu falhas. Na internet, pessoas se organizaram para votar nele como 'Craque do Jogo' ironicamente. Assim, no final da partida, tanto o goleiro quanto a repórter que entregou o troféu demonstraram constrangimento extremo com o cumprimento do protocolo.

A emissora foi muito criticada pelo ocorrido, e até por Casagrande, um de seus comentaristas. Com isso, pediu desculpas a Sidão e prometeu uma forma de evitar que novos casos se repetissem, levando em consideração a opinião dos comentaristas do jogo e não apenas a votação dos internautas. Caso haja coesão, o resultado é mantido; caso não haja, o voto da equipe de transmissão pesa mais.

Isso ajudou Egídio na tarde deste domingo, 11/08. O lateral falhou no primeiro gol do Avaí e cometeu o pênalti do segundo, em partida que terminou 2 a 2. Ele recebeu 58% dos votos dos internautas. Ao ver o resultado, o narrador Rogério Correa pediu a opinião do comentarista Bob Faria, que elegeu Pedro Castro, autor de um dos gols do Avaí, como melhor em campo.

No final do jogo, Correa informou a reportagem de que Pedro Castro havia sido mesmo eleito o Craque do Jogo e ele recebeu o troféu. O narrador tratou a situação como uma brincadeira dos internautas.

MAIS SOBRE:

futebolCruzeiro Esporte ClubeEgídioRede Globo
Comentários