Goiás faz piada com chance da Ponte Preta subir para a Série A por caso Ernandes

Lateral estaria irregular por problema em sua inscrição no campeonato nacional

Relacionadas

Mais um caso de suposta irregularidade de um jogador tem repercutido no futebol brasileiro. Dessa vez, o centro da polêmica é em relação ao lateral-esquerdo Ernandes, do Goiás. No entanto, o clube que subiu da Série B para a Série A não parece estar preocupado com as acusações que podem causar reviravoltas na classificação da divisão de acesso.

No Twitter, o Goiás fez piada com a Ponte Preta, que tinha os mesmos 60 pontos do time verde e branco, mas ficou fora do acesso para a elite nacional. "O Goiás Esporte Clube informa: com índice chuvoso entre 31 e 33m, a Ponte ficará impossibilitada de subir em 2018", publicou a equipe. Depois, a postagem foi apagada.

A polêmica é a seguinte: a certidão de nascimento de Ernandes teria sido adulterada, o que, supostamente, deixaria o jogador em condição irregular. De acordo com a denúncia, Ernandes nasceu em 1985, mas nos últimos anos vem usando uma certidão com a data de nascimento de de 1987. Essa data, inclusive, é a que está no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Caso a irregularidade for comprovada e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) resolver punir o clube, o Goiás poderia até perder todos os pontos conquistados nas partidas que Ernandes esteve em campo. Neste caso, a Ponte Preta, quinta colocada, ficaria com a vaga na Série A. 

 

MAIS SOBRE:

FutebolfutebolGoiás Esporte ClubeCampeonato Brasileiro de Futebol [Série B]Ponte Preta
Comentários