Goleiro do Ceará estoura copo d'água na cabeça de gandula após goleada; veja

Fernando Henrique, ex-Flu, foi expulso e gandula ainda registrou boletim de ocorrência

Relacionadas

A goleada de 4 a 1 do Boa Esporte sobre o Ceará, neste sábado, 19, pela 21ª rodada da Série B, foi marcada por uma confusão logo depois do apito final. 

Logo depois do encerramento da partida, enquanto alguns jogadores se cumprimentavam no centro do gramado, o goleiro Fernando Henrique, do time cearense, estourou um copo d'água na cabeça de um dos gandulas. 

O incidente causou uma pequena confusão entre os jogadores dos dois times, que logo foi dispersada após Fernando Henrique ir para os vestiários.  

 

 

Depois do jogo, o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima relatou na súmula que soube do ato do goleiro através do quarto árbitro e, por isso, declarou Fernando Henrique como expulso da partida. "Fui informado pelo quarto árbitro, Flávio Henrique Coutinho Teixeira, que o goleiro reserva da equipe do Ceará, Fernando Henrique dos Anjos, partiu em direção ao gandula identificado como Weverton Richard Moreira e atingiu o mesmo na cabeça utilizando um copo d'água. Em razão do tumulto gerado pelo ocorrido, não consegui apresentar o cartão vermelho ao referido atleta, pois o mesmo havia sido conduzido ao seu vestiário", escreveu o juiz. 

Ainda segundo Jean Pierre, Fernando Henrique e o gandula foram encaminhados a um posto policial para que fosse realizado um boletim de ocorrência. Além da suspensão automática pela expulsão, o goleiro do Ceará poderá sofrer punição maior do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela agressão ao funcionário do Boa. 

MAIS SOBRE:

futebolsc cearaCeará [estado]
Comentários