Governo da Sérvia promete prêmio milionário em caso de título na Copa

Conquistando a taça da competição, jogadores da seleção vão embolsar R$ 43,6 milhões

Relacionadas

O governo da Sérvia prometeu nesta sexta-feira um prêmio de 10 milhões de euros (R$ 43,6 milhões) para os jogadores de seleção do país, em caso de título na Copa do Mundo, que será disputada a partir de 14 de junho, na Rússia.

+ Maradona fica à frente de Pelé em lista dos maiores nomes das Copas

+ Descubra qual foi a mensagem que Zidane enviou para o elenco do Real

+ Impressionante! Piloto da Moto GP sofre acidente a 350 km/h; assista

Segundo o presidente da antiga república iugoslava, Aleksandar Vucic, haverá premiações em dinheiro em caso de conquista do troféu, segundo lugar e até se passarem da fase de grupos da competição. 

"Se nossos meninos conquistarem o primeiro lugar da Copa, será o prêmio recorde absoluto de todos os tempos: 10 milhões de euros. Se ficarem em segundo, ganharão 5 milhões de euros (R$ 21,8 milhões). Se passarem da fase de grupos, receberão 500 mil euros (R$ 2,18 milhões)", afirmou. 

A seleção sérvia não participou do último Mundial, disputado no Brasil, e nos dois anteriores não conseguiu passar da primeira fase. 

"Para vocês esse dinheiro, talvez, não seja crucial, muitos de vocês ganharam valores maiores que esse na vida. Mas, quisemos mostrar o quão importante é para nós, para todo o país, que vocês nos representem da melhor maneira possível", disse Vucic. 

A Sérvia está no grupo E da Copa, junto com a Costa Rica, a Suíça e o Brasil. A equipe estreará na competição no dia 17 de junho, contra os costarriquenhos. Contra a seleção comandada por Tite, a partida será no dia 27. Antes de estrear no torneio, a seleção do Leste Europeu disputará dois amistosos: contra o Chile, nesta segunda-feira, e contra a Bolívia, no dia 9./ EFE

MAIS SOBRE:

FutebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]seleção Sérvia de futebol masculinofutebol
Comentários