Grêmio chama craque dos anos 70 para coordenar nova equipe de futebol feminino

Com Yura, ídolo gremista, à frente do novo departamento feminino, meninas do tricolor gaúcho vão disputar o Brasileirão a partir do dia 12

Relacionadas

A nova equipe de futebol feminino do Grêmio já está treinando - uma parceria entre o clube e a Associação Gaúcha de Futebol Feminino (AGFF) está retomando o esporte para as atletas no clube, com foco no Campeonato Brasileiro da série A-1. As 28 meninas têm o apoio do novo coordenador do Departamento de Futebol Feminino, Yura, um dos jogadores mais marcantes no início da arrancada para os maiores títulos da história do Grêmio, na segunda metade da década de 1970.

O primeiro compromisso pelo Brasileirão já tem data marcada - dia 12 de março contra o Vitória de Santo Antão - segunda melhor equipe de futebol feminino, conforme o ranking da CBF - pelo grupo 1. O Tricolor mandará seu jogo no Centro de Formação e Treinamentos Hélio Dourado, em Eldorado do Sul, mas ainda não há horário confirmado. A treinadora da equipe é Patrícia Gusmão, com larga experiência no futebol feminino.

Yura ressalta o suporte que o Grêmio está dando às atletas. "Estou encantado com o projeto. Esperamos que seja algo fantástico, que tenhamos muito sucesso", diz. "O Grêmio nos proporcionou uma estrutura fantástica. Acredito que poucos clubes no Brasil tenham condições semelhantes".

O Campeonato Brasileiro Feminino A-1 é dividido em dois grupos de oito equipes que irão se enfrentar em jogos de ida e volta. Classificam-se para a segunda fase os quatro primeiros de cada grupo, que também fazem partidas de ida e volta para definir os semifinalistas, e em seguida, em dois jogos, decidir os finalistas.

Além do Vitória, o Grêmio terá como concorrentes no grupo 1 do Campeonato Brasileiro A-1 os seguintes times: Corinthians, Sport, São Francisco (BA), Kindermann (SC), Iranduba (AM) e Audax (SP).

O grupo B é formado por Foz Cataratas (PR), Rio Preto (SP), Santos (SP), Flamengo (RJ), Vitória (BA), Ponte Preta (SP), Ferroviária (SP) e São José (SP).

MAIS SOBRE:

futebolGrêmioCampeonato BrasileiroCBFCorinthians
Comentários