Guardiola mostrava jogos de times brasileiros como exemplo do que não fazer

Rafinha revela hábito do treinador e que tipo de jogada ele não queria que seus atletas repetissem em campo

Relacionadas

Rafinha, lateral do Bayern de Munique, foi treinado por Guardiola durante três temporadas, entre 2013 e 2016. Neste sábado, ele revelou um hábito curioso do treinador: mostrar jogos de times brasileiros como Cruzeiro, Corinthians e do Atlético-MG de Ronaldinho Gaúcho, mas como exemplo do que não queria que seus atletas fizessem em campo.

"Cansou de mostrar em preleção vídeo de jogo do Brasil. Porque ele pegava uma jogada que a bola saía do lateral-direito para chegar no lateral-esquerdo. A bola começava na direita, ia para um zagueiro, depois para outro zagueiro e depois para o lateral. Essa transição passou por quatro jogadores e perdeu tempo", contou Rafinha ao canal Fox Sports.

"O Guardiola vê muito jogo do Brasil e mostrou muitas vezes. Mostrava de Corinthians, de Atlético-MG, na época que o Ronaldinho estava lá. Ele acompanhava bastante também o Cruzeiro. Não era uma crítica dele, mas o futebol brasileiro é assim. É difícil ver um lateral virando uma bola, aqui na Europa é muito mais rápido", analisou o lateral sobre a situação.

Guardiola já revelou em outros momentos uma admiração pelo futebol brasileiro, como pela seleção da Copa do Mundo de 1982 e pelo São Paulo de 1992, que venceu a Copa Intercontinental em cima do Barcelona em que ele jogava. Essa admiração, entretanto, parece ter ficado nos times do passado.

MAIS SOBRE:

futebolJosep GuardiolaBayern de MuniqueRafinha
Comentários