Guia da escolinha de Ronaldo recomenda mentir aos pais de alunos

Cartilha da 'Ronaldo Academy' também recomenda publicidade infantil

Relacionadas

A franquia de escolinhas de futebol do ex-jogador Ronaldo entrou em polêmica nesta quinta-feira. A Ronaldo Academy, representada em unidades no Brasil e no exterior, possui cartilhas que recomendam mentir aos pais de alunos e até publicidade infantil.

A informação foi revelada pelo Uol Esporte, que teve acesso ao manual da empresa. A "Cartilha Comercial" traz orientações que recomendam mentiras para conseguir novos alunos. Entre as estratégias estão: criar a impressão de que a escolinha seleciona os alunos e pode rejeitar a criança caso os pais demorem para fechar um acordo, afirmar que restam poucas vagas e mencionar o encerramento no desconto da matrícula para pressionar em caso de indecisão.

O guia da Ronaldo Academy também cita o uso de propagandas em locais que não autorizam a publicidade de outras instituições. "Sabe aquela escola que não autoriza prospecção dentro do seu território? Aí que os infiltrados entram em ação. Ofereça qualquer benefício Ronaldo Academy para um aluno dessa escola, sejam materiais esportivos, acessórios, qualquer ferramenta para que aluno leve para dentro da escola e se torne objeto de desejo dos colegas", diz um dos trechos da cartilha.

 

As recomendações não param por aí. A cartilha ainda informa que os vendedores devem abordar as crianças para pedir o contato dos amigos. Assim, elas preenchem as informações enquanto os pais conversam sobre a matricula na escolinha de futebol.

Em comunicado oficial, a Ronaldo Academy confirma a cartilha, mas afirma que o material interno é de 2017 e ele será atualizado em breve. "A Ronaldo Academy informa que este é um material interno de 2017, com técnicas e sugestões de vendas. Neste período, com o entendimento de que existem melhorias a serem implementadas, o material vem passando por atualizações e ajustes. Em breve, uma nova versão será disponibilizada para as franquias", diz a nota.

 

 

MAIS SOBRE:

futebolRonaldinho
Comentários