Hertha faz pedido para que clássico de Berlim aconteça no dia da queda do muro

Com o acesso do Union, será o primeiro dérbi da capital alemã desde a reunificação - antes, clubes estavam separados

Relacionadas

Na temporada 2019-20, pela primeira vez o clássico de Berlim entre Hertha e Union será disputado na primeira divisão. Para mostrar a importância da situação, o Hertha pediu à Liga Alemã de Futebol que o jogo aconteça no dia 9/11 deste ano, data que marca 30 anos da queda do Muro que dividia a cidade. A informação é do jornalista Gerd Wenzel, da ESPN Brasil.

No período em que o país e a cidade estavam divididos entre o lado ocidental, capitalista, e o oriental, comunista, os dois times também estavam separados pelo muro. O Hertha estava do lado ocidental, e o Union, do oriental. 

Agora, pela primeira vez, o Union chegou à primeira divisão desde a reunificação do país, em 1990. A torcida do clube fez grande festa e mesmo o rival local parabenizou a equipe pelo acesso. A equipe ocidental tenta aproveitar a presença do adversário para celebrar uma data importante para a capital alemã. Ainda não há informação sobre a resposta da Liga.

Em 9 de novembro de 1989, a população de Berlim Oriental começou a demolir o muro que a separava do lado ocidental da cidade. Com a movimentação espontânea da multidão, os guardas não reagiram e apenas permitiram que a construção fosse derrubada. O processo de reunificação foi finalizado apenas em 1990.

MAIS SOBRE:

futebolHertha BerlinBerlim [Alemanha]Alemanha [Europa]campeonato alemão de futebol
Comentários