Homem morto depois de ser atirado de arquibancada não era da torcida rival; entenda

Familiares de Emanuel Balbo dizem que o jovem se encontrou, na arquibancada, com um homem acusado de assassinar seu irmão

Relacionadas

O argentino Emanuel Ezequiel Balbo, que foi arremessado de uma arquibancada durante o clássico entre Belgrano e Talleres, pelo campeonato argentino, morreu na manhã desta segunda, 17, segundo o Clarín. O jogador já não tinha atividade cerebral desde domingo, 16.

Em entrevista ao Mundo D, familiares de Emanuel explicaram que o jovem tinha se encontrado, na arquibancada, com um homem acusado de assassinar seu irmão.

Ao ver Emanuel, o homem teria inventado que o jovem era torcedor do Talleres, incitando a torcida do Belgrano contra Emanuel.

A família nega que Balbo era torcedor do Talleres, diz que ele não tinha nenhuma tatuagem do clube e que não estava roubando no estádio, como informaram as primeiras notícias sobre o caso.

MAIS SOBRE:

FutebolFutebolArgentina
Comentários