Homenagem dos cavalinhos às vítimas do incêndio emociona telespectadores

Fantástico, da Rede Globo, teve grande parte do programa voltado para a tragédia no Ninho do Urubu

Relacionadas

O Fantástico de domingo teve grande parte do programa voltado ao incêndio no Ninho do Urubu, que deixou dez mortos e outros três feridos na última sexta-feira. A tragédia no CT do Flamengo foi relatada em diversas matérias, incluindo trechos dedicados a vida dos meninos, o enterro e as inúmeras homenagens.

Uma parte específica do programa também repercutiu entre os telespectadores: a parte final do Fantástico, que mostrou imagens dos meninos jogando com narração de Luís Roberto e a homenagem feita pelos cavalinhos já tradicionais no programa dominical. No momento dedicado normalmente para mostrar os gols da rodada, o cavalinho do Flamengo deu um discurso sobre o futuro que os jovens que morreram no alojamento poderiam ter caso tivessem sobrevivido e entrado para a equipe principal do clube rubro-negro.

Depois, cavalinhos de Vasco e Fluminense apareceram do lado e, com efeito de edição, os escudos de suas camisas foram trocados pelo do Flamengo. Aos poucos, todos os outros representantes que compõem a primeira divisão do campeonato nacional também apareceram na tela ao lado do personagem flamenguista.

No entanto, alguns internautas sentiram falta do cavalinho do Botafogo, deixado fora no início da homenagem quando aparecem os rivais cariocas, mas que está entre os vinte personagens da Série A. Respondendo inúmeras reclamações no perfil do Fantástico no Twitter, uma torcedora do Flamengo resumiu a situação: "Nós flamenguistas seremos eternamente gratos pelo Botafogo e outros clubes que estão sendo solidários nesses momentos tão tristes. Homenagem maior foi a ajuda e consolo de todos vocês: nunca será só futebol", escreveu.

 

MAIS SOBRE:

futebolFantásticoRede GloboincêndioNinho do UrubuFlamengo
Comentários