Imprensa argentina repercute derrota e atuação de Messi: 'nem apareceu'

Equipe vive uma situação complicada já que perdeu para a Croácia e ficou só no empate com a Islândia

Como não poderia ser diferente, os principais jornaisda Argentina estão repercutindo a derrota desta quinta-feira. O time de Messi está em uma situação complicada, já que perdeu por 3 a 0 para a Croácia e, no primeiro jogo, ficou só no empate com a estreante Islândia. 

# Preparados? Brasileiros dão dicas para jogo na sexta às 9h da 'madrugada'

# Empresa demite funcionário que constrangeu mulheres na Rússia durante a Copa

# Argentino que humilhou jovem russa é proibido de assistir a jogos da Copa

Famoso por suas ironias, o diário Olé estampa sua capa com a manchete “Caballeros de la angustia” (cavaleiros da angustia, em português). O título é um trocadilho em referência ao nome do goleiro Caballero, que falhou no primeiro gol dos croatas.

Principal do jornal da Argentina, o Clárin manchetou: Argentina sofre golpe duríssimo diante da Croácia e está quase fora do Mundial. No impresso, a descrição foi ainda mais dura: "é preciso mais um milagre". Uma outra matéria, no portal, explica "o que a Argentina necessita para seguir” na Copa.

A imagem escolhida pelo periódico mostra Lionel Messi com a cabeça baixa, desolado. O craque foi descrito como "desconhecido e quase ausente”. O Olé também criticou a atuação do jogador do Barcelona: "Messi não fez nada, nem apareceu".

Outro jornal bastante tradicional da Argentina, o La Nacion lamentou: “Argentina passa vergonha com a Croácia e põe em risco seu futuro no Mundial”. Na versão imprensa o título foi ainda mais crítico, "Derrubados - A seleção a bordo da eliminação", escreveram. 

MAIS SOBRE:

FutebolMessiCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]seleção brasileira masculina de futebolfutebol
Comentários