Imprensa europeia elogia Fagner: 'parece, em muitos aspectos, Jordi Alba'

Durante a Copa do Mundo, veículos estrangeiros se mostraram impressionados com o jogador do Corinthians

Fagner foi titular da seleção brasileira em quatro dos cinco jogos da Copa do Mundo. Seja qual for o motivo da conquista do espaço, as lesões de Daniel Alves e Danilo ou sua regularidade, a imprensa europeia se mostrou impressionada com o jogador do Corinthians.

+ Conheça a probabilidade das quatro seleções restantes levantarem a taça

+ PSG fez oferta que tornaria Coutinho o jogador mais caro da história

+ Jornal entra na brincadeira do #NeymarChallenge e faz capa deitada

A maioria das notícias envolvendo o lateral relembra o vídeo que circulou nas redes sociais com ele e seus familiares celebrando a presença na lista final de Tite para o mundial da Rússia. Mas não foi só isso, também tiveram análises e elogios ao camisa 22 do Brasil. 

O jornal espanhol AS, antes da partida contra a Bélgica, comenta as atuações do atleta na competição. "Na Copa do Mundo, Fagner demonstrou suas excepcionais qualidades defensivas. Mas, no Brasil, sempre foi considerado um grande lateral ofensivo", analisa.

"Suas escapadas habituais pela direita deram muito ao Corinthians nos últimos anos. É um jogador muito inteligente e escolhe, com certos critérios, quando deve subir além da conta", elogia. 

O francês Bein Sports compara o estilo de Fagner ao de Jordi Alba, lateral-esquerdo do Barcelona e da seleção espanhola. "Parece, em muitos aspectos, com Jordi Alba. Seu centro de gravidade, tão específico para os jogadores menores, permite que ele se esgueire, aposte em suas corridas, em suas mudanças de direção e, especialmente, em seus dribles", escrevem.

"Na fila de Nilton Santos, Jorginho, Roberto Carlos, Cafu, Marcelo e Dani Alves, ele não hesita em correr pela lateral. Assim, ele ataca regularmente (...) com cruzamentos precisos (...) o atacante só tem de conduzir a bola à rede. (...) Defensivamente, ele mostra uma grande precisão combinada com impressionantes calma e tranquilidade em suas ações", concluem.

Os jornais também dão destaque para sua sorte. Mesmo sendo a terceira opção de Tite, Fagner ganhou lugar no time após Daniel Alves ser cortado por uma lesão no joelho e Danilo sofrer uma lesão muscular contra a Suíça no jogo de estreia da seleção.

Tanto o The Sun quanto o Marca, citam a entrevista do lateral ao LANCE, dizendo que usa a camisa 23 no Corinthians por ser fã de David Beckham, mas que em outras escolhas do cotidiano costuma apostar em números pares.

MAIS SOBRE:

Futebol Fagner [futebol] Copa do Mundo Rússia 2018 [futebol] Corinthians Tite Beckham Brasil [América do Sul] Bélgica [Europa] Jordi Alba Barcelona [Futbol Club Barcelona] imprensa seleção brasileira masculina de futebol
Comentários