Imprensa internacional repercute jogadores empurrando ambulância

Momento ocorreu no clássico entre Flamengo e Vasco no último sábado

Relacionadas

Uma série de acontecimentos marcaram o clássico entre Flamengo e Vasco realizado no último sábado. A partida, válida pelo Campeonato Brasileiro, foi marcada pelo choque de cabeça do volante Bruno Silva, do Vasco, com seu próprio companheiro de time Luiz Gustavo.

Bruno Silva teve o pescoço imobilizado, reclamou de fortes dores de cabeça e tinha dificuldade para mexer a perna direita, enfaixada. A suspeita era de lesão cervical, mas a tomografia de crânio e cervical realizadas não apontaram alterações.

O atleta teve de deixar o estádio de ambulância. Foi quando o automóvel decidiu não funcionar e o motorista precisou pedir uma ajudinha para os jogadores dos dois times empurrarem o carro.

"Cena lamentável. Achei até que o motorista estava de brincadeira, mas ele disse que tinha desligado e pediu nossa ajuda. Conseguimos empurrar um pouquinho e a ambulância pegou no tranco", disse o zagueiro Réver ao SporTV. Na mídia internacional, o fato foi contado como algo inacreditável.

"Surreal" foi a palavra escolhida pelo espanhol Marca para definir o fato da ambulância ter ficado parada dentro de campo com um jogador machucado lá dentro. 

"O que era uma cena preocupante logo virou uma comédia dramática, já que o veículo não conseguia sair pois o motor se negava a funcionar", escreveu o inglês Daily Mail

No mesmo sentido, o argentino Ole relatou os fatos destacando que houve um momento tragicômico quando os jogadores precisaram fazer uma força-tarefa para a ambulância funcionar. 

Por fim, o The Sun também opta por relatar o acontecimento com uma pitada de graça. "A ambulância foi para o campo para transportar Silva para o hospital - mas falhou em dar partida depois que o meia foi colocado a bordo", descrevem.

 

MAIS SOBRE:

FutebolBruno SilvaFlamengoDaily MailVascoLuiz GustavoCampeonato Brasileiro de FutebolSportvsérie e seriado
Comentários