Imprensa italiana comemora acerto com Paquetá e o compara a Kaká

Leonardo, diretor esportivo do Milan, confirmou acordo

Relacionadas

A venda de Lucas Paquetá ao Milan por R$ 150 milhões está perto de se realizar. O negócio já foi confirmado por Leonardo, diretor esportivo do clube, e tanto a imprensa italiana quanto os torcedores parecem empolgados com a chegada do jovem atleta do Flamengo de 21 anos

"Eu disse meses atrás que Paquetá me lembrou um pouco o Kaká nos movimentos", analisou um dos internautas. E ele não está sozinho: alguns jornais esportivos italianos publicaram matérias sobre o meia-atacante e também o compararam ao ex-jogador que atuou com a camisa do Milan entre 2003 e 2009 - foi eleito em 2007 o melhor jogador do mundo pela Fifa.

O diário La Gazzetta Dello Sport conta a trajetória de Paquetá e destaca que sua contratação é reflexo de um "novo Milan", mais preocupado com a qualidade de jogo. O diário reforça também algumas das habilidades do brasileiro, como sua propensão a entrar na área e sua eficiência em cabecear. 

"A elegância nos movimentos lembra um pouco Kaká e também Pastore no começo da carreira, enquanto a habilidade de mudar bruscamente de direção e a perna esquerda 'aveludada' levam à Ronaldinho", analisa a publicação. 

O Corriere dello Sport e o Tuttosport também comemoram a chegada do jogador de 21 anos afirmando que, em janeiro, "o novo Kaká está vindo para a Itália". Diferentemente de alguns torcedores que demonstraram medo do atleta ser mais um Gabigol no futebol italiano, uma das matérias analisa que o "Milan foi feito para Paquetá".

"Será uma arma importante para Gattuso, útil para dar imprevisibilidade aos passes e acionar Higuain", descreve a Gazzetta

 

MAIS SOBRE:

FutebolFlamengoLucas PaquetáMilanKakáfutebol
Comentários