Instituto de Barrichello desenvolve atividades para idosos na quarentena

Mais de 35 videoaulas estão disponíveis para os idosos participantes do projeto 'Viver Melhor'

Relacionadas

O Instituto Família Barrichello, que atende 1800 idosos no projeto "Viver Melhor" desenvolveu atividades online para ajudar seus alunos durante o período de quarentena imposta pela pandemia do novo coronavírus.

"Tivemos que inovar, assim como todos os setores. Nunca tínhamos feito nada online. Reunimos nosso time e, em menos de duas semanas, conseguimos produzir conteúdo para que eles pudessem fazer a atividade física em casa", conta William Boudakian, assistente social e Diretor Executivo do IFB.

Mais de 35 videoaulas estão disponíveis para os idosos participantes do nosso projeto desde o último dia 23 de março. Os idosos estão sendo orientados para acessar os conteúdos no Youtube e um grupo no WhatsApp conta com professores para dar suporte. 

"Os vídeos têm sido um potente instrumento para nos aproximar deles e estimulá-los a continuar fazendo os exercícios, só que em suas casas e de forma segura com orientações de seus professores. Assim, continuam a manter uma boa imunidade, o que é fundamental em tempos de combate ao coronavírus", diz Dayane Alves, Gerente do Projeto Viver Melhor de São Paulo.

MAIS SOBRE:

futebolquarentenacoronavírus
Comentários