Internautas reagem à condenação de Marin: 'se fosse no Brasil...'

Ex-presidente da CBF terá que cumprir 28 meses de prisão nos Estados Unidos

Relacionadas

A juíza Pamela Chen, da Corte Federal do Brooklyn, no Distrito Leste de Nova York, condenou José Maria Marin a 41 meses de prisão pelos crimes cometidos na época em que foi presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) de 2012 a 2015.

Do total da pena, ele já cumpriu 13 meses entre Suíça e Estados Unidos. Além disso, ele tem uma redução de pena por bom comportamento de sete meses. Portanto, ele terá de cumprir 28 meses de detenção nos Estados Unidos.

Marin foi considerado culpado de seis dos sete crimes  pelos quais havia sido acusado pelos promotores norte-americanos, que incluem organização criminosa, fraude bancária e lavagem de dinheiro.

Nas redes sociais, boa parte dos internautas celebraram a decisão, mas fizeram um comparativo caso a acusação estivesse sendo feita pela justiça brasileira. "Estaria gastando o que roubou", "Eram duas cestas básicas e uma tapinha nas costas" e "Estaria em sua casa de praia" são alguns dos comentários no Twitter.

Veja algumas das reações dos internautas:

 

MAIS SOBRE:

FutebolJosé Maria MarinCBF [Confederação Brasileira de Futebol]Paulo Malufcorrupçãofutebol
Comentários