Italiano 'deita' no chão para recuar bola e toma cartão amarelo; o árbitro acertou?

Marco Verratti reclamou muito da atitude do juiz Johan Hamel no jogo do PSG

Relacionadas

Um lance chamou muita atenção no jogo entre Nantes e Paris Saint-Germain, no último sábado. Enquanto o time parisiense já vencia o jogo por 1 a 0, o volante italiano Marco Verratti decidiu recuar a bola de cabeça para que o goleiro Kevin Trapp pudesse sair jogando com os pés ou então com as mãos, já que a bola tinha vindo de um toque de cabeça. Até aí, tudo bem! O problema é que a bola estava no chão e Verratti praticamente deitou no chão para fazer o recuo.

Apesar da regra do futebol não dizer que isso é uma infração, o árbitro Johan Hamel não aprovou a atitude e, não se sabe por ter considerado um recuo ilegal ou então por ter achado um menosprezo ao adversário o fato de Verratti ter deitado no gramado enquanto seu time vencia o jogo, ele deu a falta e ainda aplicou o cartão amarelo ao italiano justificando ser uma conduta antidesportiva.

A polêmica gerou muita reclamação dos jogadores do PSG, que pareciam não entender a atitude do juiz, mas isso não causou grandes problemas à equipe, que venceu o jogo por 2 a 0.

Mas e você? Concorda com a atitude do juiz? Vote:

 

MAIS SOBRE:

FutebolParis Saint-GermainFutebol
Comentários