Jô assume gol com a mão contra o Vasco: 'Não quis trapacear'

Atacante do Corinthians demonstrou abatimento durante voo para Argentina

Na chegada a Buenos Aires, cidade onde o Corinthians enfrentará o Racing, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, na próxima quarta-feira, 20, Jô reconheceu que fez o gol com a mão na vitória contra o Vasco, por 1 a 0, no domingo, 17. 

"Estou muito tranquilo. Quem me conhece sabe que sou uma pessoa só, não tenho duas personalidades. Depois que saí do jogo, não tinha visto a imagem do gol. Chegando em casa, vi que a bola tocou no braço. Mas quero deixar claro que não quis trapacear. Os 19 gols que fiz foram com suor e dedicação. Não tive intenção de colocar a mão na bola", declarou Jô. 

E concluiu: "Não tinha intenção de fazer coisa errada, quem me conhece sabe que tenho caráter. Com a minha mudança (após conversão religiosa), tenho sido exemplo para jogadores e algumas pessoas. Sou grato ao que o Corinthians tem feito por mim. Eu não queria ter feito sacanagem. Se eu tivesse convicção (depois do jogo), falaria. Não tenho por que esconder algo. Foi uma simples jogada, poderia acontecer com qualquer jogador", conforme citado pelo GloboEsporte.com

 

 

No portal Meu Timão, o jornalista Rodrigo Vessoni, que estava no mesmo avião que o elenco corintiano, já havia relatado que o atacante mostrava abatimento duranto o voo para a Argentina.

"Na entrada do avião, por exemplo, uma das pessoas pediu para tirar uma foto. Jô concordou e, quando o passageiro preparou a pose da selfie, emendou: 'Afinal, foi com a mão ou não foi?'. O jogador, então, sorriu sem graça, tirou a foto e se calou", escreveu o repórter. 

MAIS SOBRE:

futeboljoCorinthians
Comentários