Jogador da seleção venezuelana critica apoio de Maradona a Maduro

Juan Pablo Añor afirmou que o argentino 'é o pior exemplo que qualquer jogador pode ter'

Relacionadas

O jogador venezuelano Juan Pablo Añor, novo forço do Huesca, da Espanha, fez duras críticas ao apoio de Maradona a Nicolás Maduro. Para o atleta, o ídolo argentino "é o pior exemplo que qualquer jogador pode ter".

"Como pessoa (Maradona) deixa muitíssimo a desejar, quando fala de Venezuela não tem a menor ideia. Sabemos porque Maradona apoia o país, que é pelos interesses que tem com Maduro. Hoje em dia é o pior exemplo que qualquer jogador novo pode ter. Me parece atualmente a pessoa mais lamentável que já passou pelo futebol", disse o jogador em entrevista ao programa El Transistor, da rádio Onda cero. 

O atleta ainda comentou sobre a atual situação da Venezuela, afirmando que Maduro massacra o país há 20 anos e deseja mudanças. "Poucas pessoas conseguem comer carne e frango. Recebemos muitas ajudas de Espanha e Estados Unidos. É difícil, mas esperamos que tudo mude", completou.

A relação de Maradona com Maduro é próxima. No ano passado, o ex-jogador argentino chegou a participar de um comício do presidente venezuelano e dançou no palco.

Juan Pablo chegou ao Huesca por empréstimo do Málaga. O meia está no elenco da seleção da Venezuela desde as categorias de base.

 

MAIS SOBRE:

futebolMaradonaNicolás Maduro
Comentários