Jogador de 21 anos tem morte súbita durante 1ª treino, no interior do Paraná

João Pedro da Silva Rocha deu apenas um toque na bola antes de cair no chão

Relacionadas

João Pedro da Silva Rocha, jogador de futebol de 21 anos, morreu durante um treino na cidade de Campo Mourão, na região centro-oeste do Paraná, nesta terça-feira, 25. Ele estava participando de um teste no Sport Clube Campo Mourão e estava em tendo um primeiro contato com o técnico e os outros atletas da equipe. 

Ao portal G1, o presidente do clube, Luiz Carlos Khel, afirmou que João Pedro estava na cidade há menos de 24 horas após chegar de Belo Horizonte, onde tinha realizado outros testes.  

De acordo com o treinador André Kanaã, que já conhecia o jogador, “ele tocou uma vez na bola, saiu para o lado, disse que não estava se sentindo bem e caiu. Quando ele caiu, todo mundo correu". 

 

 

"Não tínhamos experiência com essa situação. Tentamos prestar os primeiros socorros. Ligaram para o médico e o Samu disse para só virar ele de lado e não fazer mais nada", disse ele, em entrevista ao jornal Gazeta do Povo

A ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou ao local em menos de quatro minutos porque estava retornando de um outro chamado próximo. Inclusive, a viatura já estava transportando outros dois pacientes. A suspeita da equipe de emergência é de que o garoto morreu de um infarto fulminante. 

“Nunca imaginei na minha vida passar por essa situação. Nós do clube vamos dar todo respaldo à família. Eu, o presidente Luiz Carlos Kehl quanto os membros da diretoria vamos dar suporte para eles”, concluiu o técnico. 

Natural de Porto Alegre, a família de João Pedro viajará a Campo Mourão para transferir o corpo do jogador.

MAIS SOBRE:

futebolparaná
Comentários