Jogador profissional de 68 anos teria sido forçado a se aposentar; CBF nega

Considerado o atleta profissional de futebol mais velho do mundo, Pedro Ribeiro de Lima disputaria a segunda divisão da Paraíba

Relacionadas

O jogador de futebol "mais velho do mundo" teria sido forçado pela CBF a parar de jogar - e chorou por causa disso. Pedro Ribeiro de Lima, fundador e dono da Associação Desportiva Perilima de Campina Grande (PB) (e atleta do clube), time da segunda divisão do Campeonato Paraibano, teria sido informado que está "muito velho" para continuar atuando profissionalmente.

A informação foi confirmada pela Federação Paraibana de Futebol, mas a CBF, posteriormente, negou que tenha feito tal imposição. O relato está na reportagem do Globoesporte.com.

Segundo o texto, a CBF teria informado que "o Regulamento Geral de Competições (RGC) da entidade nacional não estipula uma idade máxima para jogadores profissionais", ao negar que tenha pedido para Lima, conhecido como Pedro da Sorda, parar de atuar. A informação, porém, teria sido confirmada por Amadeu Rodrigues, presidente da Federação Paraibana de Futebol.

Em meio à confusão, o jogador acabou chorando porque sua carreira "já era". "Estão achando que eu estou muito velho para jogar futebol. Eu lamento. Porque quando vou ao médico meus exames sempre saem bons", diz. Ele, que diz amar o futebol, promete continuar atuando nas peladas, ao lado de amigos.

O Perilima vai disputar a segunda divisão da Paraíba, agora sem Pedro da Sorda, que marcou seu primeiro (e único) gol como jogador profissional pelo Campeonato Paraibano de 2007, de pênalti, contra o Campinense. No gol estava Jailson, atual goleiro do Palmeiras.

Confira o vídeo com o primeiro gol de Pedro:

 

MAIS SOBRE:

futebolfutebol
Comentários