Jogador do Chelsea reclama após caso ser arquivado: 'Os racistas venceram'

Antonio Rüdiger lamenta que denúncia de injúria racial contra a torcida do Tottenham não será levada adiante

Relacionadas

O zagueiro alemão Antonio Rüdiger, do Chelsea, reclamou no fim de semana do arquivamento de uma denúncia que promoveu sobre racismo. O defensor se queixou que foi alvo de cânticos com insultos durante jogo com o Tottenham, em dezembro, porém ficou insatisfeito ao saber que o clube adversário e a polícia londrina informarem que não encontraram provas relevantes sobre o caso.

No último sábado, as duas equipes se encontraram novamente e o alemão foi vaiado pela torcida do Tottenham. "Eu ouvi (que me vaiaram). Talvez foi porque eu sou uma voz contra o racismo. É um sinal que temos um grande problema", disse. Rüdiger ainda completou: "Eles não serão punidos. Para mim, neste caso os racistas venceram".

Na partida de dezembro, Rüdiger disse ainda que foi alvo de objetos arremessados pela torcida adversária. Mas apesar da frustração com o caso, o alemão garante que não ficou surpreso. "Às vezes as pessoas são punidas, mas na maioria das vezes eles se livram disso", comentou.

MAIS SOBRE:

futebolracismoChelseaCampeonato Inglês de Futebol
Comentários