Jogador é preso por dirigir bêbado carrinho de golfe na quarentena

Neozelandês foge de concentração e causa confusão durante a madrugada em hotel na Austrália

Relacionadas

O meia neozelandês neozelandês Tim Payne cometeu uma série de infrações em sequência nesta semana. O jogador do Wellington Phoenix descumpriu as ordens do clube ao deixar o hotel onde o elenco cumpre quarentena, em Sydney, para dirigir embriagado um carrinho de golfe durante a madrugada junto com um colega de time. A aventura terminou logo porque a polícia parou os dois.

Payne, de 26 anos, deve participar de uma audiência em junho por descumprir a quarentena do novo coronavírus e dirigir bêbado. O meia pode ser condenado até a nove meses de prisão. "Haverá algumas sanções legais na Austrália, sim. Eu assumo total responsabilidade por isso e o que o clube decidir e a federação decidir, eu assumirei total responsabilidade", disse o jogador.

Durante a aventura pelo hotel, Payne estava acompanhado por um colega de time, o goleiro Oliver Sail, que não foi preso. Em comunicado, o clube disse que tomará as decisões necessárias para punir o jogador pelo ato de indisciplina.

MAIS SOBRE:

futebolNova Zelândia [Oceânia]coronavírus
Comentários