Jogador mais rico do mundo fica sem contrato com nenhum time

Faiq Bolkiah, membro da família real do Brunei, estava no Leicester desde 2016

Relacionadas

O Brunei não é um país que costuma deter muitos recordes do futebol, mas tem pelo menos um: atualmente, o jogador mais rico do mundo nasceu nesta pequena nação do Sudeste Asiático, rica em petróleo e gás natural. Faiq Bolkiah, sobrinho do sultão do país, filho de um príncipe e herdeiro de uma fortuna de 20 bilhões de dólares (R$ 108,4 bilhões), ficou sem contrato com nenhum time recentemente.

Bolkiah estava jogando no Leicester desde 2016, depois de passar pela base de Southampton, Arsenal e Chelsea. Ele chegou ao campeão inglês de 2016 com esperança de evoluir no futebol, ter minutos em campo e assim realizar o sonho de disputar partidas na primeira divisão do país.

Contudo, o jogador não obteve sucesso e jogou apenas pelos times sub-20, sub-23 e a equipe B do time inglês. Por isso, mesmo que o salário de Bolkiah fosse baixo (4 mil libras esterlinas por mês, ou R$ 28.400), 0 Leicester resolveu não renovar o contrato e, desde 1º de julho, ele está sem contrato para atuar profissionalmente.

Aos 22 anos, Bolkiah ao menos tem o consolo de ser o capitão da seleção do Brunei (que já não tem mais chances de ir à Copa do Mundo em 2022), e de ter um tigre e uma bela coleção de carros de luxo. Ainda assim, deve seguir em busca de um time para jogar.

MAIS SOBRE:

futebolBrunei [Ásia]Leicester City
Comentários