Jogador vira assessor contábil de colegas durante crise da pandemia

No Paraguai, Diego Doldán auxilia companheiros do General Díaz a receber os salários atrasados

O atacante paraguaio Diego Doldán, do General Díaz, ganhou uma nova atribuição durante a pandemia do novo coronavírus. Por ter feito curso na área contábil, o jogador tem utilizado seus conhecimentos para ajudar os colegas a receber valores que foram repassados pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) ao clube como socorro financeiro durante os tempos de crise.

Como grande parte dos colegas não tem conta bancária, Doldán se encarregou de organizar a distribuição dos valores que a diretoria do General Díaz devia ao elenco. "Estou assessorando meus companheiros se eles necessitam algum tipo de ajuda para agilizar e ter todos os documentos regularizados", disse à rádio Cardinal. "Creio que 90% do time já está com o dinheiro e o resto vou terminar em breve", afirmou.

Doldán, de 33 anos, tem um pai e um irmão que também jogam futebol. O atacante afirma que tem sido um líder na negociação do elenco com a diretoria para receber salários atrasados e lamenta a situação financeira ruim enfrentada pelas equipes, já que o calendário está paralisado. "Fora os custos elevados, tudo está muito complicado para os times que não são denominados grandes", comentou.

MAIS SOBRE:

futebolCampeonato Paraguaio de Futebolcoronavírus
Comentários