Jogadora do Orlando Pride inicia pré-temporada grávida de 5 meses e meio

Sydney Leroux participa do primeiro treino do clube deste ano

Relacionadas

O ano de 2019 já acumula alguns anúncios de gravidez. Primeiro Fabi, bicampeã olímpica pela seleção brasileira de vôlei, depois a lutadora do UFC Mackenzie Dern. Desta vez, no entanto, não é o anúncio por si só que chama a atenção, mas sim o fato de uma jogadora de futebol ter se reapresentado grávida de cinco meses e meio.

A atacante americana Sydney Leroux participou do início dos treinos do Orlando Pride, time da brasileira Marta. A versão feminina do Orlando City começa nesta terça-feira seu preparo para o início da temporada. O primeiro jogo da equipe é só no dia 14 de abril, no Orlando City Stadium contra o time de Portland.

"Não pensei que iniciaria a pré-temporada com cinco meses e meio de gravidez, mas aqui estamos", escreveu na legenda da imagem em que ela aparece com uma barriga já proeminente. A jogadora de 28 anos foi alvo de algumas críticas de internautas que questionavam sobre o estado de saúde do bebê.

Pelo Twitter, ela resolveu responder a um deles. "Eu só faço coisas que não inclua contato, trabalho de bola. Não me coloco em situações onde a bola pode me atingir. Sem corrida de alta intensidade e ouço meu obstetra, quem sabe mais do que as pessoas no Twitter me dizendo o que eu não deveria fazer com o meu corpo", escreveu.

Mas nem tudo foram críticas. Alguns torcedores aproveitaram a situação inusitada para brincar com a gravidez. "Se você marcar o número de gols é multiplicado por dois?", questiona uma das postagens. "Não, mas teremos que entrar em campo só com 10 jogadoras", responde outra.

Internautas também elogiaram a atacante pela força e determinação da atleta casada com Dom Dwyer, também atacante do Orlando. "Você nos dá orgulho", "ainda mais impressionante do que você normalmente é" e "você é minha heroína" são alguns dos comentários. Dom Dwyer também compartilhou a publicação e afirmou ter orulho da mulher. 

Um dos internautas lembrou do atacante brasileiro Neymar, do Paris Saint-Germain. "A próxima vez que o Neymar fingir uma queda, ele precisa ter uma conversa com você", alfinetou. 

MAIS SOBRE:

futebolMartaMLS [Major League Soccer]bebêgravidez
Comentários