Jogadora do time feminino do Bétis volta a atuar como médica durante pandemia

Ana Romero se voluntariou em hospital para ajudar no combate ao coronavírus, com apoio do clube

Relacionadas

Ana 'Willy' Romero, atacante do time feminino do Bétis, decidiu tomar parte na luta contra o coronavírus, mas não fazendo doações ou tentando conscientizar as pessoas a ficarem em casa como a maior parte dos atletas: formada em medicina, a futebolista foi para a 'linha de frente', se voluntariando em um hospital.

A atleta de 32 anos se ofereceu para ajudar o sistema de saúde espanhol ainda em março, durante a curva de subida dos casos e postou uma foto uniformizada nas redes sociais na última quinta-feira.

"Muito feliz de poder colocar meu pequeno grão de areia na luta contra o Covid-19, formando parte do nosso sistema de saúde nestes dias. Meu agradecimento também ao Real Bétis por me dar todas as felicidades neste caminho. É momento de dar apoio!", escreveu Romero na legenda.

A Espanha é um dos países mais afetados pela pandemia do novo coronavírus, com um total de 157.022 casos detectados no país e 15.843 mortes. Felizmente, o número de mortes e de detecção de novos casos vem caindo a cada dia no país.

O Campeonato Espanhol Feminino foi interrompido no início de março, após a disputa da 21ª rodada. O Bétis é o 12º colocado entre os 16 times participantes, com 20 pontos, apenas dois acima da zona de rebaixamento.

MAIS SOBRE:

futebolcoronavírusBetisEspanha [Europa]
Comentários